Oficiais da ativa estão descontentes com assédio de Bolsonaro às Forças Armadas

Oficiais da ativa estão descontentes com assédio de Bolsonaro às Forças Armadas

Jair Bolsonaro fez nesta terça-feira (10) uma exibição de forças com sua tanqueciata em frente à Praça dos Três Poderes em Brasília.  A ação despertou duras críticas não somente nos meios políticos e nos demais poderes da República. Motivou também o descontentamento de alas das Forças Armadas.

Militares da ativa e que são focados no seu papel institucional reclamam com interlocutores que se sentem “assediados” por Bolsonaro para participarem de atos e darem a impressão de que as Forças Armadas vão apoiá-lo no seu projeto político, informa a jornalista Míriam Leitão no Globo, ressaltando que esta foi inclusive uma das causas da saída do ex-ministro da Defesa Fernando Azevedo do governo. 

No passado, outro fato grave gerou problemas nas relações entre Bolsonaro e militares. O ocupante do Palácio do Planalto pediu que os caças gripen fizessem um voo rasante sobre o prédio do Supremo para arrebentar os vidros e dar um susto nos ministros.

Um dos focos do descontentamento entre os militares que se dedicam às Forças Armadas com profissionalismo é o ministro da Defesa, general Braga Netto, que pretende empurrá-los para a manifestação de apoio e engajamento ao projeto político de Bolsonaro. Por enquanto eles não falam abertamente por respeito ao Código Militar, mas se queixam nos bastidores. 

Fonte: www.brasil247.com

Compartilhe na Rede


Biografia / Histórico
Fechar

É fácil Participar da Promoção!

Digite abaixo o Nome da Promoção, Nome(completo) e Telefone com DDD.

Participe da Promoção