Rádio Princesa do Sertão – Mix de músicas para seu dia.

menu x
menu x

NOTÍCIAS

Liga Acadêmica de Terapia Intensiva da Bahia (LATIB)

Gostaria de parabenizar os jovens Lucas Chagas Aquino, Igo cardoso Freire e Matheus Mota Brito,  pela dedicação e conscientização a transplantantes de Órgãos.  É um ato nobre que pode salvar vidas. Muitas vezes, o transplante de órgãos pode ser única esperança de vida ou a oportunidade de um recomeço para pessoas que precisam de doação. É preciso que a população se conscientize da importância do ato de doar um órgão. Hoje é com um desconhecido, mas amanhã pode ser com algum amigo, parente próximo ou até mesmo você. Doar órgãos é doar vida.

Todas as pessoas são doadoras em potencial, entretanto, antes da doação são avaliadas as condições clínicas do potencial doador e realizados exames para evitar a transmissão de doenças para o receptor do órgão ou tecido. A doação de órgãos e tecidos só acontece após a autorização por escrito da família.

No último domingo (29/09/19) a Liga Acadêmica de Terapia Intensiva da Bahia (LATIB) participou de uma ação muito especial: nossos ligantes foram para a Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, para falar sobre o Setembro Verde e sobre o dia nacional da doação de órgãos (27/09).
Nessa ação, abordamos várias pessoas que estavam presentes na praça e sanamos eventuais dúvidas a respeito da doação de órgãos, falamos sobre o dia nacional da doação de órgãos e como se tornar um doador, conscientizamos e educamos o público acerca deste ato tão nobre, que é a doação de órgãos. Além disso, distribuímos panfletos com informações importantes sobre o processo de doação de órgãos e lacinhos verdes.
Eventos que incentivem a doação de órgãos, como a ação realizada pela LATIB são de extrema importância no nosso estado e no país como um todo. Sabe por quê?
⁃ Porque doar órgãos é um ato nobre que pode salvar vidas. Muitas vezes, o transplante de órgãos pode ser a única esperança de vida ou a oportunidade de um recomeço para pessoas que precisam de doação.
⁃ Porque 47% das famílias se recusam a doar órgão de parente com morte cerebral.
⁃ Porque um único doador pode salvar cerca de 10 pessoas.
⁃ Porque é um ato de amor.

E você… já é doador? Sua família sabe disso?
Doe órgãos. Doe vida.

Radio Princesa do Sertão de Feira de Santana – Bahia.

PUBLICIDADE

Tempo de Louvar